Social Educação

Produtos deste tema

Determinação de fatores associados ao abandono escolar: uma análise do Ensino Médio Goiano - Março/2018

Este trabalho busca identificar os determinantes do abandono no Ensino Médio em Goiás. Para isso é utilizado o Censo Escolar da Educação Básica de 2016 associado às informações de rendimento dos discentes ao fim desse mesmo ano. Assim, estima-se um modelo econométrico para identificar, dentro de uma série de variáveis, quais têm efeito sobre a chance do aluno desistir dos estudos ao longo do ano escolar.

Avaliação e os Determinantes da Eficiência do Ensino Fundamental nos Municípios Goianos - Janeiro/2017

O presente estudo tem dois objetivos principais: verificar o nível de eficiência dos municípios goianos na provisão de educação básica e determinar os condicionantes das eficiências. Para o primeiro objetivo utilizou-se a técnica de análise envoltória de dados (DEA) e para o segundo, a análise de regressão beta inflacionada. Os resultados obtidos sugerem que menos de 8% dos municípios analisados têm máxima eficiência na educação básica. Além disso, no modelo de máxima eficiência, o nível socioeconômico das escolas e a transferência de renda pelo governo federal no programa bolsa família influenciaram positivamente na obtenção de máxima eficiência.

Análise das Unidades de Desenvolvimento Humano da Região Metropolitana de Goiânia pelo IDHM – 2000 e 2010 - Dezembro/2015

O estudo tem por objetivo avaliar as transformações e o desenvolvimento humano ocorrido, entre os anos de 2000 e 2010, na Região Metropolitana de Goiânia, por meio da análise das 256 Unidades de Desenvolvimento Humano (UDHs). Isso foi possível com a publicação do Índice de Desenvolvimento Humano (IDHM) em nível intramunicipal. O índice foi analisado em suas três dimensões (Longevidade, Renda e Educação), e a partir dos resultados de 2010, em três grupos de desenvolvimento (Médio, Alto, Muito Alto). Destaca-se a dimensão Longevidade que apresentou os melhores resultados: 75% das UDHs com IDHM Muito Alto. No entanto, apesar de todas as melhoras observadas, a educação continua a ser um grande desafio para o desenvolvimento humano da RMG. Esta é a única dimensão que, ainda em 2010, apresentou UDHs nas faixas Muito Baixo (2) e Baixo (37).

O Programa Bolsa Universitária e a Democratização do Acesso ao Ensino Superior em Goiás - Agosto/2014

O presente estudo analisa o impacto da política pública de concessão de bolsas universitárias a alunos de baixa renda no estado de Goiás. Foram utilizados dados do Censo da Educação Superior do INEP, da Organização das Voluntárias de Goiás – OVG e uma pesquisa telefônica com ex-beneficiários do Programa Bolsa Universitária. Além disso, há um breve histórico sobre o desenvolvimento do ensino superior no Brasil e em Goiás.

Goiás em Dados

Conjunto de informações socioeconômicas do Estado de Goiás agrupadas em séries históricas que permite a análise da dinâmica econômica com as transformações espaciais produzidas pelos impactos demográficos, econômicos, socioculturais e financeiros.

Estatísticas Básicas

Documento com estatísticas detalhadas sobre Goiás divulgadas quadrimestralmente. Compõe a revista Economia & Desenvolvimento como encarte, quando esta é editada.

Estado de Goiás no Contexto Nacional

Documento que mostra a performance do Estado de Goiás no cenário nacional em diversos indicadores. Composto por diversas tabelas com informações ranqueadas segundo as unidades da federação compara, em quase todos os indicadores, o ano 2000 com o último ano disponível.

Regiões de Planejamento

Publicação com informações estatísticas socioeconômicas relevantes agrupadas por regiões de planejamento, de forma a contribuir para a definição de políticas de desenvolvimento.

IDM - Índice de Desempenho dos Municípios

Compare municípios e seus indicadores O Índice de Desempenho dos Municípios - IDM é uma medida sintética de parte do contexto socioeconômico dos municípios em seis áreas de atuação: Economia, Educação, Infraestrutura, Saúde, Segurança e Trabalho. São ao todo 37 variáveis selecionadas para conferir o desempenho dos municípios goianos. O objetivo do índice é facilitar o diagnóstico e a comparação do desempenho dos municípios, bem como avaliar os resultados e subsidiar o planejamento das ações dos governos ao longo do tempo. Houve alteração metodológica na terceira edição do índice (2016), na qual foram acrescentadas três variáveis. Ainda assim, as publicações anteriores podem ser consultadas abaixo em sua forma original. A nova metodologia foi replicada para os anos anteriores com o intuito de se manter a série histórica do índice. O IDM tem periodicidade bianual. Clique aqui para acessar os indicadores do IDM de cada edição no Banco de Dados Estattísticos (BDE)

Censo Escolar da Educação Básica

O Censo Escolar da Educação Básica é um levantamento de dados estatístico-educacionais de âmbito nacional realizado todos os anos e coordenado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – Inep. Séries Históricas   Trata-se de uma pesquisa declaratória de responsabilidade das escolas de todo o território nacional com a colaboração das secretarias estaduais e municipais de educação.  É o principal instrumento de coleta de informações da educação básica, que abrange as suas diferentes etapas e modalidades: ensino regular (educação Infantil e ensinos fundamental e médio), educação especial e educação de jovens e adultos (EJA). No Censo Escolar há dados sobre estabelecimentos, matrículas, funções docentes, movimento e rendimento escolar.  Essas informações são utilizadas para traçar um panorama nacional da educação básica e servem de referência para a formulação de políticas públicas e execução de programas na área da educação, incluindo os de transferência de recursos públicos como merenda e transporte escolar, distribuição de livros e uniformes, implantação de bibliotecas, instalação de energia elétrica, Dinheiro Direto na Escola e Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).  Além disso, os resultados obtidos no Censo Escolar sobre o rendimento (aprovação e reprovação) e movimento (abandono) escolar dos alunos do ensino Fundamental e Médio, juntamente com outras avaliações do Inep (Saeb e Prova Brasil), são utilizados para o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), indicador que serve de referência para as metas do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), do Ministério da Educação.  De forma clara, a análise do Censo Escolar da Educação Básica pode subsidiar estudos e pesquisas acerca da realidade educacional brasileira, permitindo a compreensão, por meio de correlações com outras variáveis sociais, de questões envoltas ao desenvolvimento socioeconômico.  Fonte: Inep. Atualização: Anual.  

PNAD Contínua - Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - Educação

A PNAD Contínua visa produzir indicadores para acompanhar as flutuações trimestrais e a evolução, a médio e longo prazo, da força de trabalho e outras informações necessárias para o estudo e desenvolvimento socioeconômico do País. Séries Históricas   Visando atender a demandas dos usuários, suprir necessidades para a formulação e gestão de políticas públicas, minimizando continuamente as lacunas existentes na produção nacional de estatísticas, o IBGE implantou a PNAD Contínua, que substituirá as estatísticas sobre mercado de trabalho obtidas a partir da Pesquisa Mensal de Emprego - PME e da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - PNAD, potencializando os resultados produzidos por ambas, agregando, em relação à primeira, a cobertura do território nacional e, em relação à segunda, a disponibilização de informações sobre trabalho com periodicidade de divulgação que permitirá a análise conjuntural do tema. A pesquisa é realizada por meio de uma amostra probabilística de domicílios, extraída de uma amostra mestra de setores censitários, de forma a garantir a representatividade dos resultados para os diversos níveis geográficos definidos: Brasil, Grandes Regiões, Unidades da Federação e Regiões Metropolitanas que incluem os municípios das capitais. A cada trimestre, a PNAD Contínua investiga em torno de 211.000 domicílios em aproximadamente 16.000 setores censitários. Em Goiás foram investigados 7.387 domicílios de 545 setores em 144 municípios. Na PNAD Contínua, as informações sobre o tema trabalho são captadas em dois questionários: um reduzido, restrito às informações sobre o trabalho que gera rendimentos para o domicílio, ou seja, cuja produção é voltada para o mercado; e um ampliado, de nível mais abrangente, aplicado na primeira entrevista de cada domicílio, que inclui além das variáveis contidas no reduzido, informações sobre outras formas de trabalho, cuja produção não é voltada para o mercado. Para produzir informações trimestrais, o questionário reduzido, juntamente com as características básicas dos moradores (condição no domicílio, sexo, idade, cor ou raça e educação) são investigados em 100% dos domicílios pesquisados em cada trimestre. Com a implantação desse sistema, o IBGE iniciou uma importante etapa de aprimoramento no seu sistema de pesquisas domiciliares, que propiciará maior eficácia diante de frequentes demandas por informações sobre as condições socioeconômicas e demográficas da população do País.

Monitoramento do Plano Estadual de Educação

Relatório(s) de Monitoramento do Plano Estadual de Educação de Goiás.

Goiás - Visão Geral

Visão geral sobre o estado de Goiás referentes a seus aspectos físicos, econômicos e socias.

IGL - Índice Goiano de Longevidade

O Índice Goiano de Longevidade – IGL tem a finalidade de auxiliar na identificação das cidades goianas que proporcionam melhores condições de vida e, consequentemente, maior longevidade para sua população.

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.