Notícias Notícias

Relatório Conjuntural da Economia Goiana 2020

07 Mai 2021
O presente relatório resume os principais resultados macroeconômicos do Brasil, bem como para Goiás. Ademais, dado o choque extraordinário da pandemia da Covid-19, também sintetiza  as principais ações governamentais, cujo intuito foi de mitigar o impacto recessivo e sanitário da pandemia.

Nota Técnica Inflação - Fevereiro/2021

19 Abril 2021
Nota tecnica analisando o comportamento do índice de inflação oficial do Brasil (IPCA/IBGE) destacando os principais eventos ou choques nos principais grupos de despesas do índice.
Photo by Wesley Tingey on Unsplash

Varejo goiano recuou 2,8% na comparação com ajuste sazonal

19 Abril 2021
A Pesquisa Mensal do Comércio (PMC/IBGE) mostra que na comparação com ajuste sazonal, ou seja, na passagem de novembro para dezembro de 2020, o volume de vendas do comércio varejista goiano teve uma taxa de variação de -2,8%.

Setor de Serviços goiano cresceu 1,0% na comparação com ajuste sazonal

16 Abril 2021
De acordo com a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na análise com ajuste sazonal, o volume do setor de serviços em Goiás apresentou uma taxa de 1,0%.

A indústria goiana acumula 0,1% em 2020

16 Abril 2021
De acordo com a Pesquisa Industrial Mensal (PIM/ IBGE), na comparação com o mesmo período do ano anterior, Goiás acumulou uma taxa de 0,1% no ano de 2020 e o Brasil -4,5%.

A importância do Auxílio Emergencial nos rendimentos dos Goianos em 2020

18 Março 2021
O Auxílio Emergencial (AE) do governo federal teve grande participação nos rendimentos dos goianos em 2020. Em maio, 92.843 domicílios e 238.102 pessoas tinham como única fonte de renda o AE em Goiás. Em novembro, 28% dos domicílios com renda exclusiva proveniente do AE se encontravam na Região Metropolitana de Goiânia e 18% apenas na capital. 

A importância do Auxílio Emergencial nos rendimentos dos Goianos em 2020

18 Março 2021
O Auxílio Emergencial (AE) do governo federal teve grande participação nos rendimentos dos goianos em 2020. Em maio, 92.843 domicílios e 238.102 pessoas tinham como única fonte de renda o AE em Goiás. Em novembro, 28% dos domicílios com renda exclusiva proveniente do AE se encontravam na Região Metropolitana de Goiânia e 18% apenas na capital. 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.