Em janeiro de 2014 Goiás gerou 4.096 novos empregos formais

Segundo o CAGED, Cadastro Geral de Empregados e Desempregados - do Ministério do Trabalho e Emprego, em Goiás foram gerados 4.096 novas colocações com registro em carteira (ajustado com as declarações entregues pelas empresas fora do prazo), em janeiro de 2014, representando um acréscimo de 0,34% em relação ao mês de dezembro de 2013, superior ao nacional que foi de 0,07%. Este resultado fez com que Goiás alcançasse o sexto lugar em termos relativos e o sétimo lugar em termos absolutos, na geração de emprego formal, dentre as vinte e sete Unidades da Federação, conforme observado no gráfico 1.

 

 

 

 

Tabela 1 - Ranking dos estados: Variação do emprego formal em jan de 2014 – Variação Absoluta

Ranking

Estados

Vagas geradas

SANTA CATARINA

18.317

PARANA

11.991

MATO GROSSO

10.264

RIO GRANDE DO SUL

9.584

SAO PAULO

7.949

MINAS GERAIS

7.211

GOIAS

4.096

BAHIA

3.994

SERGIPE

1.142

10º

PARAIBA

1.065

Fonte: MTE/Cadastro Geral de Empregados e Desempregados lei 4.923/65.

Elaboração: Instituto Mauro Borges / Segplan-GO / Gerência de Estudos Socioeconômicos e Especiais – 2014.

 

 

 

 

 
 

 

 
 



Em janeiro de 2014, três setores fecharam postos de trabalho, sendo que o Comércio teve a maior variação negativa (-1.124 postos), seguida da Extrativa mineral (-81 postos) e da Administração pública (-32 postos). Ressalta-se que no setor de Comércio a variação negativa foi percebida no subsetor de Comércio varejista (-1.246 postos), com o maior número de demissões ocorridas na atividade de Comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios (-592 postos) e no Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios - hipermercados e supermercados (-485 postos). O subsetor de Comércio atacadista, no entanto, teve variação positiva (122 postos), impulsionado principalmente pela atividade de Comércio de peças e acessórios para veículos automotores, que gerou 131 novos postos de trabalho, e Comércio atacadista de hortifrutigranjeiros (41 postos).

Os demais setores apresentaram saldo positivo na geração de empregos formais. O melhor resultado foi registrado em Serviços (1.937 postos), em que se destacaram os subsetores de Alojamento e alimentação (765 postos) e de Comércio e administração de imóveis (738 postos).

Algumas atividades se destacaram no setor de Serviços, quais sejam: Armazenamento (483 postos), Atividades de ensino não especificadas anteriormente (358 postos) e Restaurantes e outros estabelecimentos de serviços de alimentação e bebidas (258 postos). Por outro lado, a atividade de fornecimento e gestão de recursos humanos para terceiros teve a maior variação negativa do setor (-367 postos).

Na indústria de transformação o destaque foi o subsetor de Produtos Alimentícios e Bebidas (603 postos) e o subsetor Químico, produtos farmacêutico e veterinário (602 postos).

Entre as atividades agropecuárias, o destaque foi o Cultivo de soja, com 534 novos postos de emprego formal, já a Produção de sementes certificadas fechou 1.154 postos.

 

 

Tabela 2 – Estado de Goiás: Saldo – admitidos/desligados por setor de atividades econômicas – janeiro de 2014

Setores

Janeiro de 2014

Em 12 meses

Adm

Desl

Saldo

Var. Estoque (%)

Adm

Desl

Saldo

Var. Estoque (%)

Extrativa mineral

114

195

-81

-1,03

2.871

2.975

-104

-1,32

Indústria de transformação

12.058

10.419

1.639

0,65

160.397

150.328

10.069

4,11

Prod minerais não metálicos

831

836

-5

-0,03

10.397

9.989

408

2,66

Metalúrgica

881

628

253

1,89

8.604

8.006

598

4,58

Mecânica

636

466

170

2,33

6.093

6.005

88

1,20

Material elétrico e comunicação

94

102

-8

-0,41

1.224

1.064

160

8,98

Material de transporte

110

218

-108

-1,55

2.741

2.251

490

7,67

Madeira e mobiliário

539

489

50

0,48

6.641

6.441

200

1,95

Papel, papelão, editorial e gráfica

484

551

-67

-0,61

7.405

6.118

1.287

13,31

Borracha, Fumo e  Couros

388

321

67

0,85

4.642

4.162

480

6,46

Químico, Prod  Farmacêutico e Veterinário

2.106

1.504

602

1,27

34.585

32.474

2.111

4,58

Têxtil e vestuário

1.229

1.169

60

0,18

18.938

17.793

1.145

3,61

Calçados

82

60

22

1,15

846

934

-88

-4,36

Prod Alimentícios e Bebidas

4.678

4.075

603

0,62

58.281

55.091

3.190

3,38

Serviço industrial de utilidade pública

236

205

31

0,27

4.178

3.413

765

7,21

Construção civil

8.811

7.326

1.485

1,50

116.860

114.353

2.507

2,56

Comércio

14.255

15.379

-1.124

-0,39

183.441

169.894

13.547

4,98

Com varejista

11.898

13.144

-1.246

-0,52

154.993

143.994

10.999

4,87

Com atacadista

2.357

2.235

122

0,25

28.448

25.900

2.548

5,51

Serviços

21.500

19.563

1.937

0,45

255.382

230.205

25.177

6,12

Inst financeiras

205

176

29

0,20

2.333

1.962

371

2,64

Com. e adm imóveis

6.948

6.210

738

0,63

82.257

75.680

6.577

5,93

Transporte e Comunicação

2.595

2.683

-88

-0,15

37.716

34.103

3.613

6,58

Alojamento, alimentação

8.379

7.614

765

0,48

97.789

88.865

8.924

5,86

Médicos e odontológicos

1.298

1.073

225

0,54

16.154

13.584

2.570

6,58

Ensino

2.075

1.807

268

0,62

19.133

16.011

3.122

7,71

Administração pública

23

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.