Goiás gerou 80.577 novos empregos formais no ano de 2012

Segundo dados do CAGED, Cadastro Geral de Empregados e Desempregados - do Ministério do Trabalho e Emprego, Goiás gerou 80.577 novas colocações com registro em carteira até julho de 2012 (ajustado com as declarações entregues pelas empresas fora do prazo). Com isso, Goiás obteve o segundo melhor resultado da série histórica do CAGED até o momento (Gráfico 2), representando um acréscimo de 7,5% em relação ao final do ano anterior, superior ao acréscimo nacional que foi de 3,3%. Esse expressivo resultado fez com que Goiás alcançasse o segundo melhor desempenho, em termos relativos, e o quinto lugar, em termos absolutos, dentre as vinte e sete Unidades da Federação (Gráfico 1 e Tabela 1), considerando a série ajustada com as declarações entregues pelas empresas fora do prazo.

 

 


 

Tabela 1 - Ranking das Unidades da Federação: Evolução do emprego formal jan a jul/2012

Ranking

Estados

Vagas geradas

SÃO PAULO

391.872

MINAS GERAIS

202.631

RIO DE JANEIRO

104.540

PARANA

97.210

GOIAS

80.577

RIO GRANDE DO SUL

61.547

SANTA CATARINA

61.452

MATO GROSSO

44.196

BAHIA

35.656

10º

PARA

30.758

Fonte: MTE/Cadastro Geral de Empregados e Desempregados lei 4.923/65.

Elaboração: Segplan-GO/IMB/Gerência de Estudos Socioeconômicos e Especiais – 2012.

 

 

 

 

Mês de Julho

Conforme dados do CAGED, em julho de 2012 foram gerados em Goiás 3.992 empregos formais (60.160 admitidos e 56.168 desligados), isso significou elevação de 0,4% no estoque de empregos em relação ao mês anterior. As atividades que mais se destacaram neste mês foram a indústria de transformação, o setor de serviços e o setor de serviços industriais e de utilidade pública.

 

 

 

 

A indústria de transformação foi a maior geradora de empregos, com saldo líquido de 1.254 postos, sendo destaque o segmento têxtil e vestuário (552). Já o setor de mecânica obteve variação negativa (57).

O setor de serviços foi o segundo maior gerador de empregos no mês, contribuiu com 935 novas vagas, sendo que as atividades de alojamento e alimentação, comércio e administração de imóveis foram as principais responsáveis pela geração de empregos neste setor.  

O serviço industrial de utilidade pública foi o terceiro maior gerador de empregos, com saldo líquido de 580 postos, sendo destaque as atividades relacionadas a esgoto.

 

Tabela 2- Estado de Goiás: Saldo – Admitidos/Desligados por setor de atividade econômica – 2011/12

Setores

Julho/2012

No ano**

Em 12 meses***

Adm

Desl

Saldo

Var. Estoque (%) *

Adm

Desl

Saldo

Var. Estoque (%)

Adm

Desl

Saldo

Var. Estoque (%)

Extrativa mineral

263

201

62

0,68

2.154

1.292

862

10,24

3.234

2.557

677

7,87

Indústria de transformação

12.343

11.089

1.254

0,51

100.974

75.724

25.250

11,19

155.403

143.007

12.396

5,20

Prod minerais não metálicos

828

821

7

0,05

6.314

5.804

510

3,50

10.499

9.738

761

5,31

Metalúrgica

611

601

10

0,08

5.436

4.781

655

5,18

8.871

8.044

827

6,63

Mecânica

397

454

-57

-0,84

3.571

3.180

391

6,06

5.327

4.698

629

10,13

Material elétrico e comunicação

117

95

22

1,50

723

571

152

11,18

1.182

940

242

19,06

Material de transporte

237

219

18

0,30

1.241

1.231

10

0,16

2.182

1.985

197

3,35

Madeira e mobiliário

477

446

31

0,32

3.878

3.647

231

2,41

6.504

6.114

390

4,14

Papel, papelão, editorial e gráfica

494

396

98

1,06

3.338

2.675

663

7,51

5.470

4.426

1.044

12,36

Borracha, Fumo e  Couros

332

275

57

0,78

2.576

2.155

421

6,02

4.369

3.962

407

5,81

Químico, Prod  Farmacêutico e Veterinário

2.527

2.225

302

0,57

25.246

13.911

11.335

26,80

34.330

31.621

2.709

5,32

Têxtil e vestuário

1.802

1.250

552

1,81

11.348

9.368

1.980

6,70

18.914

17.073

1.841

6,20

Calçados

83

89

-6

-0,30

626

588

38

1,90

1.090

1.013

77

3,93

Prod Alimentícios e Bebidas

4.438

4.218

220

0,24

36.677

27.813

8.864

10,38

56.665

53.393

3.272

3,60

Serviço industrial de utilidade pública

800

220

580

5,56

2.683

1.349

1.334

13,63

3.258

1.850

1.408

14,50

Construção civil

9.595

9.422

173

0,17

72.603

59.173

13.430

14,81

115.825

111.139

4.686

4,71

Comércio

13.456

12.918

538

0,21

100.117

93.180

6.937

2,68

171.769

157.591

14.178

5,63

Com varejista

11.392

10.926

466

0,21

84.896

79.413

5.483

2,52

147.081

135.029

12.052

5,70

Com atacadista

2.064

1.992

72

0,17

15.221

13.767

1.454

3,54

24.688

22.562

2.126

5,26

Serviços

18.000

17.065

935

0,24

137.444

116.870

20.574

5,52

229.257

201.777

27.480

7,51

Inst financeiras

190

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.