Exportação goiana de açúcar cresceu 227,25% em junho de 2010, comparadas ao mesmo período do ano anterior.

Conforme levantamento do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, o saldo da balança comercial goiana em junho de 2010 continuou positivo em US$ 107,156 milhões, sendo 33,55% maior que o mês anterior. As vendas externas foram de US$ 443,340 milhões e as compras de US$ 336,184 milhões. A corrente de comércio (somatório das exportações e importações) atingiu US$ 779,524 milhões.

As exportações goianas continuam crescendo, sendo que o primeiro semestre de 2010 alcançou o valor de US$ 2,016 bilhões, 13,38% a mais que no mesmo período de 2009. A expectativa para a balança comercial goiana é que feche o ano com mais de US$ 4 bilhões de vendas externas.

Na composição da pauta de exportação de junho de 2010, o complexo soja continuou na liderança, com 50,40% (US$ 223,461 milhões) do total exportado. Em segundo lugar veio complexo carne com 20,49% (US$ 90,822 milhões) das vendas, com destaque para carne bovina que participou com 11,09% (US$ 49,145 milhões), carne de aves 6,87% (US$ 30,476 milhões) e suína 2,50% (US$ 11,091 milhões). Em terceiro lugar, complexo de minérios, responsável por 18,84% (US$ 83,511 milhões) do total exportado, com destaque para: sulfeto de minério de cobre, com participação de 12,05% (US$ 53,444 milhões), ferroligas 4,04% (US$ 17,908 milhões),  amianto 1,45% (US$ 6,435 milhões) e ouro 1,29% (US$ 5,725 milhões).

A exportação de açúcar cresceu 227,25% em relação ao mesmo período no ano anterior. Os negócios totalizaram cerca de US$ 17,450 milhões em junho do corrente ano contra US$ 5,332 milhões em junho do ano passado. A expansão foi devido a redução da produção na Índia, maior mercado consumidor do produto no mundo. Outro motivo que contribuiu para o aumento das exportações goianas foi a queda nas vendas da Europa, que produz açúcar principalmente a partir da beterraba, no mercado internacional.

O principal destino das exportações goianas no mês de junho de  2010 foram: China US$ 102,353 milhões (23,09%), Índia US$ 60,332 milhões (13,61%), Países Baixos (Holanda) US$ 48,027 milhões (10,83%), Portugal US$ 28,238 milhões (6,37%), Rússia US$ 22,269 milhões (5,02%), Tailândia US$ 21,592 milhões (4,87%), Japão US$ 21,299 milhões (4,80%), Irã US$ 16,674 milhões (3,76%), Alemanha US$ 13,991 milhões (3,16%), Arábia Saudita US$ 9,605  milhões (2,17%). O Estado de Goiás  comercializou com 103 países.

Neste 1º semestre de 2010, as principais empresas exportadoras foram: Mineração Maracá Indústria e Comércio S/A US$ 236,613 milhões (11,74%), BRF - Brasil Foods S.A. US$ 219,807 milhões (10,90%), Bunge Alimentos S/A US$ 207,730 milhões (10,31%), Caramuru Alimentos S/A US$ 169,102 milhões (8,39%), ADM do Brasil Ltda US$ 130,924 milhões (6,50%), Louis Dreyfus Commodities Brasil S/A US$ 125,244 milhões (6,21%), Minerva S/A US$ 109,528 milhões ( 5,43%), Cargill Agrícola S/A US$ 82,191 milhões (4,08%), Mineração Serra Grande S/A US$ 80,295 milhões (3,98%), JBS S/A US$ 73,306 milhões (3,64%), Anglo American Brasil Ltda. US$ 70,158 milhões (3,48%) e Granol Indústria Comércio e Exportação S/A  US$ 61,168 milhões (3,03%).

Os municípios que se destacaram no período em análise nas exportações foram: Alto Horizonte US$ 236,613 milhões, Luziânia US$ 228,497 milhões, Itumbiara US$ 115,369 milhões, Palmeiras de Goiás US$ 106,044 milhões, Rio Verde US$ 84,136 milhões, Goiânia US$ 81,324 milhões, Ouvidor US$ 70,158 milhões,  Mozarlândia US$ 69,064 milhões, Quirinópolis US$ 48,017 milhões,  Minaçu US$ 37,561 milhões, Jataí US$ 35,684 milhões, Anápolis US$ 31,732 milhões e  Santa Fé de Goiás US$ 27,620 milhões.

As importações expandiram-se em 45,72% em junho deste ano, em comparação ao mesmo mês do ano anterior, atingindo o montante de US$ 336,184 milhões. O momento  é uma oportunidade para as empresas se modernizarem com a importação de máquinas e equipamentos baratos e ganharem competitividade no cenário internacional.

Os principais produtos importados por Goiás em junho foram: veículos automóveis, tratores, etc. suas partes/acessórios US$ 168,316 milhões (50,07%), produtos farmacêuticos US$ 49,624 milhões (14,76%), reatores nucleares, caldeiras, máquinas, etc., mecânicos US$ 42,710 milhões (12,70%), produtos químicos orgânicos US$ 15,877 milhões (4,72%), adubos ou fertilizantes US$ 13,770 milhões (4,10%), máquinas, aparelhos e material elétricos, suas partes, etc. US$ 8,745 milhões (2,60%), sal, enxofre, terras e pedras, gesso, cal e cimento US$ 4,068 milhões (1,21%), instrumentos e aparelhos de óptica, fotografia, etc. US$ 4,025 milhões (1,20%), plásticos e suas obras US$ 4,004 milhões (1,19%), combustíveis minerais, óleos minerais, etc. ceras minerais US$ 3,267 milhões (0,97%) e borracha e suas obras US$ 3,090 milhões (0,92%).

Goiás importou principalmente da Coréia do Sul US$ 143,528 milhões (42,69%), Estados Unidos US$ 56,209 milhões (16,72%), Japão US$ 32,988 milhões (9,81%), França US$ 15,774 milhões (4,69%), Alemanha US$ 13,662 milhões (4,06%), Tailândia US$ 10,723 milhões (3,19%), China US$ 9,372 milhões (2,79%), Rússia US$ 8,596 milhões (2,56%), Argentina US$ 6,229 milhões (1,85%), Índia US$ 6,067 milhões (1,80%) e Itália US$ 6,055 milhões (1,80%).

As principais empresas importadoras no período de janeiro a junho de 2010 foram: Caoa Montadora de Veículos S.A. US$ 738,531 milhões (38,36%), Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. US$ 334,684 milhões (17,39%), MMC Automotores do Brasil S.A. US$ 324,571 milhões (16,86%), John Deere Brasil Ltda US$ 79,825 milhões (4,15%), Intersmart Comércio Importação, Exportação US$ 35,830 milhões (1,86%), SVB Automotores do Brasil Ltda US$ 21,710 milhões (1,13%), Fertilizantes Heringer S.A. US$ 21,162 milhões (1,10%), Weldmatic Automotive Ltda. US$ 20,732 milhões (1,08%), Unilever Brasil Alimentos Ltda. US$ 20,601 milhões (1,07%) e Copebrás Ltda US$ 15,656 milhões (0,81%).

Os municípios goianos que mais importaram, segundo o MDIC foram: Anápolis US$ 1,157 bilhão, Catalão US$ 500,677 milhões, Goiânia US$ 117,170 milhões, Rio Verde US$ 39,596 milhões, Aparecida de Goiânia US$ 22,701 milhões, Itumbiara  US$ 13,938 milhões, Nerópolis US$ 11,951 milhões, Barro Alto US$ 10,658 milhões, Jataí US$ 7,776 milhões, Luziânia US$ 7,550 milhões e Alto Horizonte US$ 6,336 milhões.

O balanço das estatísticas do Comex para Goiás foi positivo, segundo a OMC. A maior demanda, de acordo com a organização, foi causada pelo forte crescimento nas exportações, principalmente para Índia, Tailândia e Japão. A alta dos preços dos produtos, cana de açúcar, provocado pela queda de produção na Índia e redução das exportações dos Países europeus também contribuiu para o bom desempenho.

ESTADO DE GOIÁS: Balança Comercial – 2001 – 10.

(US$ 1.000 FOB)

Estado de Goiás e Brasil: Balança Comercial - 2009 - 2010

(US$ 1.000 FOB)

Período

Goiás

Brasil

Exportação

Importação

Saldo

Corrente de comércio

Exportação

Importação

Saldo

Corrente de comércio

2009

1.777.728

1.151.440

626.288

2.929.168

69.951.538

56.043.910

13.907.628

125.995.448

Janeiro

197.913

159.304

38.609

357.217

9.781.920

10.311.617

-529.697

20.093.537

Fevereiro

163.899

162.254

1.645

326.153

9.586.406

7.825.263

1.761.143

17.411.669

Março

262.778

271.300

-8.522

534.078

11.809.225

10.052.853

1.756.372

21.862.078

Abril

330.465

130.584

199.881

461.049

12.321.617

8.629.242

3.692.375

20.950.859

Maio

340.973

197.358

143.615

538.331

11.984.585

9.361.106

2.623.479

21.345.691

Junho

481.701

230.703

250.998

712.404

14.467.785

9.863.751

4.604.034

24.331.536

2010

2.015.663

1.925.107

90.556

3.940.770

89.187.427

81.309.288

7.878.139

170.496.715

Janeiro

160.095

358.241

-198.146

518.336

11.305.067

11.479.498

-174.431

22.784.565

Fevereiro

241.711

243.638

-1.927

485.349

12.197.237

11.805.899

391.338

24.003.136

Março

384.419

339.407

45.012

723.826

15.727.499

15.060.152

667.347

30.787.651

Abril

358.162

299.900

58.262

658.062

15.161.211

13.880.308

1.280.903

29.041.519

Maio

427.936

347.702

80.234

775.638

17.702.500

14.259.062

3.443.438

31.961.562

Junho

443.340

336.184

107.156

779.524

17.093.912

14.817.355

2.276.557

31.911.267

Variação (%)

2010/2009

13,38

67,19

-85,54

34,54

27,50

45,08

-43,35

35,32

Fonte: MDIC.

Elaboração: SEPLAN-GO / SEPIN / Gerência de Estatística Socioeconômica - 2010.

Nota: O total não corresponde à soma exata, devido aos arredondamentos.

Preliminar

 

                   

 

Estado de Goiás: Principais produtos exportados – 2009 – 2010.

Produto

2010 (junho)

2009 (junho)

US$ FOB

Part (%)

US$ FOB

Part (%)

Exportação

443.340.224

100,00

481.701.002

100,00

Complexo soja

223.460.686

50,40

290.229.059

60,25

Complexo carne

90.822.286

20,49

79.505.276

16,51

Carne bovina

49.145.006

11,09

42.765.595

8,88

Carne avícola

30.476.457

6,87

25.507.415

5,30

Carne suína

11.091.053

2,50

9.024.319

1,87

Outras carnes

109.770

0,02

2.207.947

0,46

Complexo minério

83.511.295

18,84

84.294.782

17,50

Sulfetos de minérios de cobre

53.443.605

12,05

46.585.934

9,67

Ouro

5.725.474

1,29

14.774.391

3,07

Ferroligas

17.908.589

4,04

15.732.017

3,27

Amianto

6.433.627

1,45

7.202.440

1,50

Açúcares

17.449.583

3,94

5.332.255

1,11

Algodão

7.990.610

1,80

2.267.966

0,47

Couros

4.551.105

1,03

5.332.030

1,11

Café e especiarias

533.531

0,12

6.815

0,00

Milho

89.184

0,02

254.848

0,05

Leite e derivados

30.075

0,01

74.646

0,02

Demais produtos

14.901.869

3,36

14.403.325

2,99

Fonte: MDIC

Elaboração: SEPLAN-GO / SEPIN / Gerência de Estatística Socioeconômica - 2010

Preliminar

           

       

 

 

ESTADO DE GOIÁS: : Exportação por países de destino - 2009 - 2010.

Países

2010 (junho)

2009 (junho)

Variação (%) 2010/2009

US$ FOB

Part (%)

US$ FOB

Part (%)

Exportação

443.340.224

100,00

481.701.002

100,00

-7,96

China

102.352.679

23,09

185.260.496

38,46

-44,75

Índia

60.331.792

13,61

32.051.531

6,65

88,23

Paises Baixos (Holanda)

48.026.937

10,83

50.975.489

10,58

-5,78

Portugal

28.238.019

6,37

542.211

0,11

5107,94

Rússia

22.269.059

5,02

14.711.790

3,05

51,37

Tailândia

21.591.785

4,87

17.705.761

3,68

21,95

Japão

21.299.282

4,80

7.628.541

1,58

179,21

Irã

16.673.843

3,76

13.522.924

2,81

23,30

Alemanha

13.990.682

3,16

13.913.567

2,89

0,55

Arábia Saudita

9.605.242

2,17

15.709.283

3,26

-38,86

Hong Kong

9.234.323

2,08

11.983.633

2,49

-22,94

Egito

8.822.273

1,99

6.679.281

1,39

32,08

Espanha

7.022.052

1,58

17.069.693

3,54

-58,86

Reino Unido

6.025.472

1,36

1.173.976

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.