Exportações goianas crescem 10% em janeiro de 2007. Exportações de carnes ultrapassam a soja.

A balança comercial goiana encerrou o mês de janeiro de 2007 com superávit de US$ 27,839 milhões. As vendas externas foram de US$ 117,331 milhões e as compras US$ 89,492 milhões. As exportações cresceram 10%, mesmo com a baixa cotação do dólar; o saldo da balança comercial foi de 42,82% menor que no mesmo mês do ano anterior. A corrente de comércio, somatório das exportações e importações, totalizou US$ 206,823 milhões.

Em janeiro de 2007, o principal item da pauta das exportações foi o complexo carne, responsável por 47,49% (US$ 55,718 milhões) do total exportado. O complexo soja foi responsável por 14,70% (US$ 17,252 milhões) do total exportado em janeiro/2007, em período de entressafra.

Outros destaques das exportações foram: ferroligas com US$ 11,744 milhões (10,01%), couro e derivados com US$ 9,890 milhões (8,43%), amianto com US$ 5,638 milhões (4,81%), açúcares com US$ 1,824 milhões (1,55%), ouro com US$ 1,753 milhões (1,49%) e o algodão com US$ 1,344 milhões (1,15%).

Os principais compradores foram: Holanda com US$ 22,041 milhões (18,77%), Itália com US$ 11,885 milhões (10,12%), Rússia com US$ 11,311 milhões (9,63%), Alemanha com US$ 10,476 milhões (8,93%), Estados Unidos com US$ 5,089 (4,35%), Reino Unido com US$ 4,860 milhões (4,14%) e Egito com US$ 4,432 milhões (3,77%).

As importações goianas, em janeiro de 2007, totalizaram US$ 89,49 milhões, acréscimo de 54,33% em relação ao mesmo mês do ano anterior. O desempenho positivo se deve a motivos sazonais (aquisições para atender a agricultura, abastecer a indústria farmacêutica de insumos e atender a indústria de tratores) e também ao fato de que as empresas goianas estão aproveitando a cotação mais baixa do dólar para ampliar as aquisições de matéria-prima, insumos e maquinário para modernização de seus parques de produção.

Os principais produtos importados foram: veículos, automóveis e tratores; produtos farmacêuticos; máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos; adubos ou fertilizantes; produtos químicos orgânicos; máquinas, aparelhos e materiais elétricos, e suas partes; enxofre a granel; instrumentos e aparelhos de óptica, instrumentos e aparelhos médico-cirúrgicos e suas partes.

Nas importações, os principais países de origem dos produtos comprados por Goiás foram: Estados Unidos (US$ 19,751 milhões), Japão (US$ 13,279 milhões), Coréia do Sul (US$ 9,654 milhões), Tailândia (US$ 7,443 milhões), China (US$ 5,021 milhões), Itália (US$ 4,515 milhões), Suíça (US$ 3,902 milhões), Argentina (US$ 3,820 milhões), Rússia (US$ 3,341 milhões), Alemanha (US$ 2,871 milhões) e Canadá (US$ 2,501 milhões).

Estado de Goiás: Balança Comercial - 2006 - 2007.

(US$ 1.000 FOB)

Período

Exportação

Importação

Saldo

Corrente de comércio

Jan/2006

106.671

57.986

48.685

164.657

Jan/2007

117.331

89.492

27.839

206.823

Variação (%)

9,99

54,33

-42,82

25,61

Fonte: MDIC.

Elaboração: SEPLAN-GO / SEPIN / Gerência de Estatística Socioeconômica - 2007.

Estado de Goiás: Principais produtos exportados – 2006 – 2007.

Produto

2007 (Janeiro)

2006 (Janeiro)

US$ FOB

Part (%)

US$ FOB

Part (%)

Total

117.331.745

100,00

106.671.506

100,00

Complexo carne

55.718.025

47,49

49.293.722

46,21

Bovina

48.944.614

41,71

38.118.555

35,73

Aves

5.549.512

4,73

7.586.672

7,11

Suina

1.223.899

1,04

3.588.495

3,36

Complexo soja

17.251.711

14,70

19.828.933

18,59

Ferroligas

11.744.494

10,01

8.665.894

8,12

Couros e derivados

9.890.292

8,43

5.939.891

5,57

Amianto

5.638.332

4,81

2.894.903

2,71

Açúcar

1.823.692

1,55

2.105.054

1,97

Ouro

1.753.325

1,49

4.748.485

4,45

Algodão

1.343.937

1,15

4.369.756

4,10

Café

191.171

0,16

654

0,001

Demais produtos

11.853.457

10,10

8.824.214

8,27

Fonte: MDIC

Elaboração: SEPLAN-GO / SEPIN / Gerência de Estatística Socioeconômica - 2007.

ESTADO DE GOIÁS: Balança Comercial – 1999 - 07.

Equipe de Conjuntura da Seplan

Dinamar Ferreira Marques

Marcelo Cardoso da Silva

Marcos Fernando Arriel

Maria de Fátima Mendonça Faleiro Rocha

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.