Trabalho

Produtos deste tema

Emprego Formal em Goiás - 2016 - Janeiro/2018

A Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) é um registro administrativo, de periodicidade anual, criada com a finalidade de suprir as necessidades de controle, de estatísticas e de informações às entidades governamentais da área social. É de fundamental importância para o acompanhamento e a caracterização do mercado de trabalho formal.

Emprego Formal em Goiás - 2015 - Abril/2017

A Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) é um registro administrativo, de periodicidade anual, criada com a finalidade de suprir as necessidades de controle, de estatísticas e de informações às entidades governamentais da área social. É de fundamental importância para o acompanhamento e a caracterização do mercado de trabalho formal.

Desemprego e probabilidade de inserção ocupacional no período de 2011 a 2014 em Goiás - Maio/2016

Este estudo tem como objetivo analisar a chance e a probabilidade de desemprego de acordo com as características do indivíduo como idade, genêro, cor, educação, área que reside, posição na família e se possui renda que não provém do trabalho. Os dados utilizados foram os microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD/IBGE) entre 2011 e 2014.

Emprego Formal em Goiás - 2014 - Janeiro/2016

Este estudo apresenta os principais resultados do comportamento do emprego formal e da remuneração média entre os anos de 2013 e 2014, abrangendo todos os vínculos formais (celetistas, estatutários, temporários, avulsos, entre outros), desagregados em nível setorial, geográfico, segundo gênero, grau de instrução e porte dos estabelecimentos, com o objetivo de monitorar a evolução desses indicadores no estado de Goiás.

Análise das Unidades de Desenvolvimento Humano da Região Metropolitana de Goiânia pelo IDHM – 2000 e 2010 - Dezembro/2015

O estudo tem por objetivo avaliar as transformações e o desenvolvimento humano ocorrido, entre os anos de 2000 e 2010, na Região Metropolitana de Goiânia, por meio da análise das 256 Unidades de Desenvolvimento Humano (UDHs). Isso foi possível com a publicação do Índice de Desenvolvimento Humano (IDHM) em nível intramunicipal. O índice foi analisado em suas três dimensões (Longevidade, Renda e Educação), e a partir dos resultados de 2010, em três grupos de desenvolvimento (Médio, Alto, Muito Alto). Destaca-se a dimensão Longevidade que apresentou os melhores resultados: 75% das UDHs com IDHM Muito Alto. No entanto, apesar de todas as melhoras observadas, a educação continua a ser um grande desafio para o desenvolvimento humano da RMG. Esta é a única dimensão que, ainda em 2010, apresentou UDHs nas faixas Muito Baixo (2) e Baixo (37).

Segregação ocupacional por gênero e cor em Goiás no período de 2011 a 2013 - Setembro/2015

O trabalho tem como objetivo principal verificar a segregação no mercado de trabalho goiano por gênero e cor por meio da aplicação do Índice Duncan & Duncan, além de apresentar o perfil dos trabalhadores goianos em relação à idade, escolaridade, segmento de ocupação, faixa de idade que começou a trabalhar, tipo de família e distribuição do rendimento hora por grupos ocupacionais. Utilizou-se microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio para o período de 2011, 2012 e 2013.

Características do Emprego Formal em Goiás 2013 - Janeiro/2015

Este estudo apresenta os principais resultados do comportamento do emprego formal e da remuneração média entre os anos de 2012 e 2013, abrangendo todos os vínculos formais (celetistas, estatutários, temporários, avulsos, entre outros), desagregados em nível setorial, geográfico, segundo gênero, grau de instrução e porte dos estabelecimentos, com o objetivo de monitorar a evolução desses indicadores no estado de Goiás.

A Desigualdade de Rendimentos em Goiás - Novembro/2014

O trabalho tem por objetivo analisar empiricamente como os rendimentos do trabalhador goiano são influenciados por variáveis como: idade, idade que começou a trabalhar, educação, formas de inserção, filiação sindical, contribuição à previdência e ocupação. Para tal propósito utilizou-se o modelo de regressão quantílica e microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2003, 2006, 2009 e 2012.

Características do Emprego Formal em Goiás 2012 - Fevereiro/2014

Este estudo apresenta os principais resultados do comportamento do emprego formal e da remuneração média entre os anos de 2010 e 2012, abrangendo todos os vínculos formais (celetistas, estatutários, temporários, avulsos, entre outros), desagregados em nível setorial, geográfico, segundo gênero, grau de instrução e porte dos estabelecimentos, com o objetivo de monitorar a evolução desses indicadores no estado de Goiás.

Evolução da Produtividade do Trabalho em Goiás - 2002 - 2010 - Maio/2013

O presente estudo pretende-se construir e analisar a produtividade do trabalho e distribuição da produção e do emprego das principais atividades econômicas do estado de Goiás.

Características do Emprego Formal no Estado de Goiás Segundo a Relação Anual de Informações Sociais 2011 - Janeiro/2013

Este trabalho pretende apresentar os principais resultados do comportamento do emprego formal e da remuneração média dos trabalhadores goianos entre os anos de 2010 e 2011, abrangendo todos os vínculos formais (celetistas, estatutários, temporários, avulsos, entre outros), desagregados em nível setorial, geográfico, segundo gênero, grau de instrução e porte dos estabelecimentos, com o objetivo de monitorar a evolução desses indicadores no estado de Goiás.

Goiás em Dados

Conjunto de informações socioeconômicas do Estado de Goiás agrupadas em séries históricas que permite a análise da dinâmica econômica com as transformações espaciais produzidas pelos impactos demográficos, econômicos, socioculturais e financeiros.

Estatísticas Básicas

Documento com estatísticas detalhadas sobre Goiás divulgadas quadrimestralmente. Compõe a revista Economia & Desenvolvimento como encarte, quando esta é editada.

Estado de Goiás no Contexto Nacional

Documento que mostra a performance do Estado de Goiás no cenário nacional em diversos indicadores. Composto por diversas tabelas com informações ranqueadas segundo as unidades da federação compara, em quase todos os indicadores, o ano 2000 com o último ano disponível.

Regiões de Planejamento

Publicação com informações estatísticas socioeconômicas relevantes agrupadas por regiões de planejamento, de forma a contribuir para a definição de políticas de desenvolvimento.

IDM - Índice de Desempenho dos Municípios

O Índice de Desempenho dos Municípios - IDM é uma medida sintética de parte do contexto socioeconômico dos municípios em seis áreas de atuação: Economia, Educação, Infraestrutura, Saúde, Segurança e Trabalho. São ao todo 37 variáveis selecionadas para conferir o desempenho dos municípios goianos.