IPC - Índice de Preços ao Consumidor (Goiânia)

A Secretaria de Estado da Economia, através do Instituto Mauro Borges de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos, calcula e divulga mensalmente o Índice de Preços ao Consumidor - IPC Goiânia para famílias com rendimentos de 1 a 5 salários mínimos.

O índice da inflação é obtido através da comparação dos preços médios dos produtos e serviços pesquisados do primeiro ao último dia útil do mês, com os preços coletados no mesmo período do mês anterior.

Para o cálculo das variações mensais, são pesquisados 205 produtos/serviços que são distribuídos em 9 grupos de despesas: Alimentação, Habitação, Artigos Residenciais, Despesas Pessoais, Saúde e Cuidados Pessoais, Vestuário, Transportes, Educação e Comunicação.

A estrutura de ponderação para o cálculo do IPC/Goiânia é definida com base na Pesquisa de Orçamento Familiares (POF), realizada pelo IBGE em convênio com a SEGPLAN. A partir do mês de janeiro de 2006 o IPC passou a ser calculado com base na nova estrutura determinada pela POF 2002/2003, incorporando, portanto, mudança na ponderação, assim como, na quantidade de produtos pesquisados.

CONCEITOS

Ponderação:  

- Peso de cada produto/serviço na despesa total das famílias com renda entre 1 e 5 salários mínimos.

Contribuição:  

- Parcela com que cada produto/serviço contribui no índice geral.

Publicações